Os 10 países mais seguros e indicados para viajar sozinho

Os 10 países mais seguros e indicados para viajar sozinho

Viajar sozinho infelizmente, ainda é um desafio para muitas pessoas. Já imaginou viajar para um lugar onde os visitantes podem aproveitar cada minuto, sem se estressar com perigos comuns em locais desconhecidos?

Pois comece agora a fazer as malas e montar seu roteiro, você vai querer partir logo, com tantas opções de lugares lindos e seguros para conhecer.

1° Islândia

Em primeiro lugar, está a Islândia, lá quase não há diferença entre as classes alta, média e baixa. Por causa disso, praticamente inexiste tensão econômica entre classes, algo raro em outros países. A igualdade é a principal causa da quase ausência de crimes. Para se deliciar com as paisagens naturais islandesas, o viajante tem que gostar de frio, já que estamos falando de um dos lugares mais gelados do mundo. Saiba que além de segurança, este país naturalmente encantador permite que observe auroras boreais, que mergulhe na famosa Lagoa Azul, que possa observar baleias ou meramente admirar as cascatas.

2° Dinamarca

Há 20 anos, um pequeno país europeu se mantém no topo do ranking das nações menos corruptas do mundo, a Dinamarca. As pessoas confiam na polícia, confiam nos vizinhos, confiam no sistema, confiam em si mesmas e nas outras pessoas. Uma sociedade que se baseia na confiança mútua coletiva tende a ser mais transparente em suas relações. Junto com a honestidade e a confiança, vem a segurança. As pessoas se sentem seguras na Dinamarca porque em geral se pressupõe que todos sejam honestos e portanto, dignos de confiança. O país conta com museus, paisagens e castelos medievais para serem vistados.

3° Áustria

Ainda que os exigentes austríacos sempre afirmarão o contrário, a Áustria é um daqueles lugares onde os problemas parecem não chegar. Com um dos melhores índices de qualidade de vida da Europa (ou seja, do mundo), o país tem paisagens que não parecem de verdade. Impossível não se apaixonar pela Áustria. Se de um lado, temos a possibilidade de se aventurar entre seus Alpes cobertos por neve e cercados por vilarejos fascinantes, do outro é possível percorrer as ruas históricas, visitar palácios e ainda saborear um dos cafés mais apreciados do mundo, ao lado de tortas igualmente famosas e deliciosas em Viena.

4° Nova Zelândia

Se você quer ir para o lugar mais seguro do mundo, corra para a Nova Zelândia. Lá, você vai saber, na prática, o que é uma qualidade de vida realmente boa. Parece que o segredo é bom relacionamento entre cidadãos, governantes e política.

Na Nova Zelândia, você não vai encontrar pessoas vivendo em condições extremas de pobreza, desempregadas e desalojadas. A lógica é mais do que clara: com menos desigualdade, há muito menos violência.  Para onde você olhar terá muita aventura: vulcões, praias, montanhas com neve, lagos e bungy jump! Com certeza uma das paisagens mais lindas do mundo, não é a toa que escolheram o lugar para sediar as filmagens do Senhor dos Anéis e o Hobbit.

5° Suíça

Mais uma vez o motivo de “tudo funcionar na Suiça” se da por conta da mentalidade das pessoas e da pouca diferença social, que como resultado gera poucas pessoas necessitadas ou em problemas financeiros, que as tornem capazes de qualquer coisa para sobreviver, inclusive roubar e matar. O controle que o governo tem sobre o povo é tão grande, que antes de alguém entrar em dificuldades financeiras ela já está sendo amparada. É o ponto de encontro perfeito para viajantes que querem aproveitar os mais variados roteiros, sem ter que se preocupar com a sua segurança. Com pistas de esqui que percorrem seus Alpes, história e muita cultura!

6° Canada

A rotina nas ruas canadenses chega a ser discrepante para um brasileiro. Obviamente que a violência existe, mas o clima de insegurança vivenciado no Brasil não chegou por lá, o mesmo acontece com a sensação de impunidade e reabilitação de criminosos.O Canadá é o um dos países mais seguros para quem quer viajar sozinho. Paisagens naturais e montanhosas também estão entre as possibilidades. Ali, as Cataratas do Niágara não devem ser deixadas de lado por quem quer conhecer um dos maiores símbolos canadenses.

7° Republica Tcheca

A República Tcheca é um país muito seguro. Aqui ainda é possível andar sem medo pelas ruas (com cuidado, é claro), passear à noite, ver crianças brincando na rua, usar o transporte público tranquilamente a qualquer horário do dia e da noite e ter a liberdade de fazer o que quiser sem receio da violência que, infelizmente, existe em boa parte do mundo. No geral, é muito tranquila e raramente acontece algo ruim, o que pra mim é um dos pontos mais positivos. Tire uns dias para conhecer o castelo e as casinhas de madeira saídas dos contos de fada, ou ainda pegar um trem para Plzen, onde a famosa cerveja lager foi inventada em 1842. Aliás, você compreenderá bem o papel dos tchecos nessa história ao ver no mapa nomes como Bohemia (Boêmia), Budweis (Cesky Budejovice) e Plzen (Pilsen). Se sobrar tempo, visite o Bohemian Switzerland National Park, considerado um dos mais bonitos e preservados da Europa.

8° Japão

Num dos países mais seguros do mundo é comum as crianças irem sozinhas para a escola a partir dos 5 anos, e em muitas cidades os policias não andam armados, por que simplesmente não há necessidade. Tudo no Japão é muito limpo, o sistema de coleta de lixo é selecionada em todos os lugares, e as regras devem ser seguidas à risca, sujeito a multas para quem não seguir as regras de reciclagem. No Japão sempre parte-se do principio que todos são honestos, e a conduta de honestidade é constante na vida diária. Após o tsunami de 2011 foram encontrados cerca de R$125 milhões em cofres particulares e destroços e que foram devolvidos devidamente aos seus respectivos donos. Impressionante? Os japoneses acham normal. Diferente do que muitos pensam o Japão não é uma selva de pedra onde só tem prédios e asfalto e as pessoas não se amontoam porque não tem espaço. Existem muitas belezas naturais nas cidades e no interior, a preservação é um fator de grande importância para o país e para os japoneses.

9° Finlândia

Finlândia é o que chamamos de topo do mundo em qualidade de vida. A Finlândia é considerada um dos países mais seguros para se morar onde as taxas de roubos de carro, assaltos a casas e comércio são muito baixas e taxas de assaltos a mão armada e sequestros são simplesmente inexistentes. Para os viajantes apaixonados pelo frio e pela neve encontram na Finlândia o destino perfeito para uma estadia. Ali também é possível ver a Aurora Boreal, além de se hospedar em hotéis de gelo. Alguns deles contam com iglus especiais para ver o espetáculo das luzes do norte, garantindo momentos ainda mais mágicos. E para voltar à infância, vale a pena lembrar que é na Finlândia que fica a terra do Papai Noel.

10° Noruega

Na Noruega, a qualidade de vida é nota mil, com a criminalidade zero e é um dos melhores lugares para viver e visitar. Quase não existe diferença entre os maiores e os menores salários. Como exemplo é a produção de uma família que tem uma pequena propriedade rural na região, que fica exposta em uma loja sem ninguém para atender. Quando chega gente, é só escolher o produto e se realmente vai comprar, tem um telefone à disposição. É só chamar. Tudo tão tranquilo, tão honesto, que as pessoas deixam os produtos à vontade, para quem quiser escolher. Este país tem fama de ser um dos mais caros do mundo, mas é também um dos mais românticos. Como se não bastasse, o país tem questões ambientais mais do que saudáveis, tornando-se um lugar recomendável para todas as pessoas.

Estes são os 10 países mais seguros para quem quer viajar sozinho. Mas não quer dizer que não possa ir muito bem acompanhado e aproveitar toda essa segurança né. Se pudesse escolher um desses destinos para visitar agora mesmo, para onde você iria? Aproveite e faça sua lista de lugares pra próxima viagem e conta aqui nos comentários.

Beijão e boa viagem.

Fotos via Pixabay

 

Jordânia Wurdige, uma menina de 21 anos, apaixonada por livros, musicas, boas risadas e viagens inspiradoras. Acredito no processo de auto conhecimento que é a vida. Indo sempre em busca da realização pessoal para deixar cada vez mais leve a caminhada. Que meus textos possam servir de inspiração e instigar o melhor em cada um de vocês.

Jordânia Wurdige

Uma menina de 21 anos, apaixonada por livros, musicas, boas risadas e viagens inspiradoras. Acredito no processo de auto conhecimento que é a vida. Indo sempre em busca da realização pessoal para deixar cada vez mais leve a caminhada.